Pizzaria do Paulista encerrado topo
Paraíba
Indefinição faz redutores de velocidade ficarem desligados
Dnit aguarda apenas que o Ministério da Infraestrutura defina sobre a operação dos equipamentos
11/04/2019 17h47
Por: wallisson oliveira
Fonte: Portal Correio

Onze novos redutores de velocidade foram instalados em trechos da BR-230, entre João Pessoa e Cabedelo, na região metropolitana, mas os equipamentos vão ficar desligados por tempo indeterminado.

A medida decorre da indefinição por parte do governo federal sobre o funcionamento dos redutores porque houve uma ordem do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para que eles não sejam acionados, mas não foi enviado um comunicado oficial sobre a situação ao Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) na Paraíba.

 

Quem explica é o chefe do Serviço de Operações do Dnit em João Pessoa, Ítalo Filizola. Ele disse ainda que os equipamentos têm que ser instalados para cumprimento de contratos. “Estamos cumprindo prazos contratuais, conforme cronograma com a empresa responsável pelas lombadas”, afirmou.

 

Em todo o estado, são 181 redutores de velocidade instalados em rodovias, sendo que apenas 31 deles estão funcionando, entre as cidades de Patos e Cajazeiras, no Sertão, mas as multas não estão sendo cobradas por causa, justamente, da indefinição da situação.

 

Em 8 de março deste ano, Bolsonaro anunciou o fim das lombadas eletrônicas em todo o Brasil. Em 31 de março, ele determinou o cancelamento da instalação de 8 mil radares no país. Nessa quarta-feira (10), a juíza Diana Vanderlei, da 5ª Vara Federal em Brasília, proibiu a retirada de radares de velocidade das rodovias federais do Brasil.

 

Em meio ao impasse, Ítalo alerta para que os motoristas evitem imprudência. “Todas as rodovias são sinalizadas, portanto, os usuários devem respeitar os limites de velocidade”. Segundo ele, o Dnit aguarda apenas que o Ministério da Infraestrutura defina sobre a operação dos equipamentos.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários