Pizzaria do Paulista encerrado topo
JOÃO PESSOA
Cartaxo formaliza contrato de 100 milhões de dólares com o BID
Reunião com o representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) ocorreu em Brasília
23/01/2019 17h59
Por: wallisson oliveira
Fonte: Portal Correio

 

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), se reuniu na manhã desta quarta-feira (23), em Brasília, com o representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no Brasil, Hugo Flórez, para definir o plano de trabalho para execução do Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável de João Pessoa, o primeiro contrato internacional de financiamento celebrado pelo Município, no valor de U$ 100 milhões.

Leia também: TJPB vai cortar cargos e pretende economizar R$ 2 milhões

Participaram da reunião de trabalho o secretário-chefe de Gabinete da Prefeitura da Capital, Lucélio Cartaxo, o coordenador geral do Programa, Rivaldo Lopes, e a operadora da equipe do BID para o projeto, Clementine Claire Dominique. Total e plenamente aprovado, o Programa João Pessoa – Cidade Sustentável – terá início com a Missão Arranque, na primeira semana de fevereiro (dia 4), definida no encontro desta quarta-feira (23).

A Missão Arranque vai contar com a presença de técnicos do BID em João Pessoa e terá o objetivo de definir todos os detalhes do programa, com aprovação dos últimos projetos e de prazos de execução das 35 ações previstas, além dos protocolos para aplicação dos recursos. Numa primeira etapa, a execução será focada na definição de termos de referência de cada ação, contratação de consultorias e realização de licitações. Os investimentos totais previstos são de U$ 200 milhões, sendo U$ 100 milhões de contrato com o BID e U$100 milhões de contrapartida do Município

Grande parte da contrapartida já está sendo executada nos programas de habitação e de urbanização da Capital.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários